ESCULTURA: BUSTO HUMANO REALISTA

Curso

SÍNTESE DO CURSO:

Anatomia humana facial

Proporção

Retratismo

Ossos chave

Acabamento

Formação de profissionais para o mercado de colecionismo, decoração, monumentos públicos, aqui o aluno aprenderá a trabalhar o rosto humano em detalhes, capaz de que com poucas fotografias de referência ser capaz de reproduzir fielmente o busto de uma pessoa real. Todo material usado está incluso no valor deste curso.

A imortalidade sempre foi um desejo almejado por muitos durante os séculos, gerando mitos de poções miraculosas, fontes da juventude, reinos mágicos onde ninguém envelhece, etc. Mas foi na escultura que o homem mais se aproximou de ser imortal, sendo retratado em obras que atravessam os séculos com sua beleza e perfeição imaculadas.
A escultura é uma das artes mais antigas, dominadas pelo homem, utilizada por povos primitivos para representar seus valores ela foi utilizada em larga escala pelo Egito antigo e suas técnicas aperfeiçoadas pelos gregos, e se tornou presente ao longo da história de toda humanidade.
No decorrer dos anos diversos métodos e materiais foram utilizados por artistas em seus trabalhos, como a rocha, o mármore, o barro, a madeira e nos dias atuais, argilas sintéticas e polímeros de epóxi.
Aprenda a imortalizar o rosto de quem você mais admira nas aulas de escultura realista com Nikki Nixon

Carga Horária:
54h/a – 5 meses
:

Cursos Relacionados

- Desenho Básico
- Criação de Cenário e Ambientação
- História da Arte
- Escultura de Personagem

Áreas Profissionais de Atuação

- Indústria de Brinquedos
- Figuras religiosas
- Colecionáveis
- Design
- Cinema
- Concept designer para games e animações

Nikki Nixon

Criado no meio dos quadrinhos, filmes e desenhos, ainda adolescente, fez parte da Magic Box Company que produzia curtas metragens de terror e ficção, escreveu e dirigiu dois curtas metragens autorais.

Sua visão sobre o mercado de cultura pop o levou a organizar o primeiro encontro mineiro de RPG no Centro Cultural da UFMG, convenções para fãs das séries Jornada nas Estrelas e Arquivo X, trabalhou no Instituto Humberto Mauro cuidando da programação do Vídeo Centro. Retomou sua paixão pelos quadrinhos como pesquisador escrevendo para o site hqmemória e para a revista Mundo dos Super-Heróis, logo depois iniciou seus estudos como escultor pela Casa dos Quadrinhos, aprimorando seus conhecimentos com outros artistas, até ser convidado a lecionar “Escultura e Modelagem” no Estúdio A4, o que o levou a fundar a Deuses e Monstros.